quem somos

a história da gda

Depois de perder mais uma final para os vermes (Copa do Brasil 2006); depois de ver a torcida Vascaína não comparecer em mais uma final contra a mulambada, um grupo de amigos, através de conversas via Internet, resolveu dar um basta nisso. Usando do site de relacionamentos Orkut, como ferramenta para divulgar e alavancar o número de interessados, criaram um novo Movimento. Um Movimento totalmente diferente das tradicionais torcidas organizadas. Seria uma torcida nos moldes das demais sul-americanas, ou seja, das famosas Barras Bravas.

Yuri Kebian e Bernardo Reis foram os idealizadores desse Movimento, que nem nome tinha (afinal o nome não importava). Discutiram sobre a possibilidade de criar a torcida com amigos, recebendo apoio de alguns, como Rodrigo Melo. A partir daí, escolheram um nome no "improviso", criaram a comunidade no orkut e convocaram os Vascaínos a entrarem nesta barca. Marcaram a primeira reunião para o dia 04/08 e apenas 9 Guerreiros compareceram (Yuri, Bernardo, Juca, Diego, Leonardo Luz, Dudu Luz, Renata Neris, Mondragon e Renan). Com uma discreta propaganda, por volta de 15 loucos Vascaínos fizeram a estréia dos Guerreiros do Almirante, no dia 16/08. Uma estréia tímida em número de componentes, mas enorme em disposição e vibração. Apenas com bandeiras do Vasco, estes 15 loucos já foram notados pelo restante dos torcedores presentes em São Januário. A partir do terceiro jogo, já estreamos nossas famosas "barras" (faixas verticais) e nossos primeiros instrumentos. Daí pra frente, todo mundo já sabe o que aconteceu: festas, festas e mais festas.

Surgia a Barra mais Louca, também conhecida como Guerreiros do Almirante.

fale conosco

fazendo a festa

História de Torcedor


últimas notícias


ler todas as notícias

facebook