notícias

Guerreiros do Almirante - 10 Anos

16 de Agosto de 2006

Nesta data, há exatos 10 anos, o movimento Guerreiros do Almirante era fundado. Foi no jogo contra o São Caetano, em São Januário, com uma presença bem tímida dos Loucos da Saída 3, mas que chamou a atenção de todos que estiveram presente naquela quarta-feira. Algo de inédito passava a acontecer na imensa arquibancada do Vasco. O resultado em campo não foi satisfatório. Estreamos com derrota, porém vibração e determinação não faltaram para os guerreiros que marcaram presença atrás do gol. Foram 90 minutos com músicas de apoio ao Vasco.

Meses depois, foi criada a mística do Caldeirão. Mesmo com um time bem limitado, com jogadores como Claudemir, Fábio Braz, Jorge Luiz, Diego, Roberto Lopes, Amaral, Faolli, Fábio Jr. etc... Era bem difícil de nos vencer em nossos domínios. De 2006 a 2007, ficamos sem perder em casa.

Nessa mesma época, a torcida vascaína passava a cantar novas músicas, como por exemplo:
- O sentimento não pode parar
- São Januário meu caldeirão
- De todos amores
- Anna Júlia

Desde a nossa fundação, a nossa finalidade e ideologia era sempre de unir toda a imensa torcida vascaína nos moldes sul-americanos de se torcer, variando com músicas típicas brasileiras e uma padronização de torcidas européias, que são conhecidos como Ultras.

E o ideal não se limitou ao Rio de Janeiro. Pouco tempo depois da fundação do GdA, foram surgindo consulados pelo país. Hoje, estamos presentes no Amapá, na Bahia, no Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais. Pernambuco e Sergipe. Em breve, São Paulo também terá um grupo de guerreiros.

A representação não é somente por carregar a cruz de malta e adotar o ideal do movimento, mas por viver uma vida pelo Vasco à distância.

Os guerreiros espalhados pelo Brasil vivem esse amor apoiando pela televisão e planejando caravanas. Seja de uma, duas ou várias cabeças. Seja de ônibus, avião ou carro. A ansiedade de ver o Vasco jogar é enorme.

Máximo respeito aos consulados. Que esse número só aumente. Que esse ideal se espalhe e nosso alento alcance cada torcedor apaixonado pelo Vasco!

Queremos agradecer a todos os guerreiros que fizeram parte e contribuíram bastante para o crescimento da torcida em todos esses anos. Todos fazem parte dessa história que continuará a ser escrita por cada guerreiro que segue presente pelo motivo único de nossa existência: o CR VASCO DA GAMA.


Agradecimento em especial ao eterno amigo e líder Matheus Ricardo (Pimpão) que desde garoto fez parte da torcida e sempre foi muito presente. Ver os Guerreiros do Almirante em alto nível era uma das coisas que mais gostava na vida e temos certeza que, de onde estiver, estará muito feliz com essa data.

Nesses 10 anos, tivemos muitos erros e acertos, aprendemos muito mais com as críticas, seja ela construtiva ou não.

Lutamos por muitas causas também. A mais grandiosa, talvez, tenha sido a luta por 'clássicos em São Januário'. Luta essa que conseguimos vencer depois de alguns anos e, de quebra, ainda vencemos dois rivais do estado depois de quase 10 anos sem clássico na Colina.

Pra finalizar, afirmamos que ainda temos muito a melhorar e acrescentar em prol do Vasco. É apenas o começo!

Uma década já se foi, que venha mais e mais.

Com os GUERREIROS DO ALMIRANTE, o sentimento nunca vai parar!

Ao VASCO tudo, sempre /+/

 

fale conosco

fazendo a festa

História de Torcedor


últimas notícias


ler todas as notícias

facebook